Weby shortcut
Segundo a instituição,  o manual tem como objetivo orientar 
as  Instituições  de  Educação  Superior  a  realizarem  a  classificação  adequada  de  seus 
cursos.

INEP revisa a classificação dos cursos de graduação

Cursos da área da Comunicação são afetados.

O INEP, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Anísio Teixeira, órgão do Ministério da Educação, elaborou o Manual para Classificação dos Cursos de Graduação e Sequenciais, que apresenta a estrutura da Classificação Internacional Normalizada da Educação adaptada em 2018 para os cursos de graduação e sequenciais do Brasil (Cine Brasil 2018) e os procedimentos de classificação dos cursos de graduação e sequenciais brasileiros, tendo como objetivo orientar as Instituições de Educação Superior (IES) a realizarem a classificação adequada de seus cursos de acordo com a nova proposta. O Manual Preliminar está disponível no site da instituição.

A nova classificação compreende onze áreas gerais de formação que tomam como base as áreas de conhecimento: Programas básicos; Educação; Artes e humanidades; Ciências sociais, jornalismo e informação; Negócios, administração e direito; Ciências naturais, matemática e estatística; Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC); Engenharia, produção e construção; Agricultura, silvicultura, pesca e veterinária; Saúde e bem-estar; e Serviços.

O INEP ampliou o prazo de manifestação dos coordenadores dos cursos sobre a nova classificação até dia 31 de outubro.

Mais informações no site: http://portal.inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/id/1525017

 

Segundo a instituição,  o manual tem como objetivo orientar as  Instituições  de  Educação  Superior  a  realizarem  a  classificação  adequada  de  seus cursos.

 

Listar Todas Voltar